10 motivos para fazer root no seu Android

Se você é um membro do exército verde, existem chances de você já ter feito root no seu smartphone ou tablet, ou pelo menos considerado o a possibilidade. Você é um dos que apenas considerou? Está na hora de partir para a ação. Eis aqui dez bons motivos de porque você deveria fazer isso hoje.

Quando você faz root no seu dispositivo Android, você ganha acesso aos arquivos de sistema, com direitos de administrador plenos. Você pode customizar sua própria imagem de inicialização, criar um backup completo do seu aparelho, ou instalar um distro Linux completo. Mas mesmo que você não queira fazer coisas tão geeks com ele, existem inúmeras razões no dia-a-dia para fazer root no seu Android, e graças a muitos desenvolvedores espertos, nós temos vários processos de root que são bem acessíveis até para quem não entende tanto assim de computadores.

Existem alguns fóruns excelentes que fornecem informações atualizadas de como fazer hoot em praticamente qualquer dispositivo Android popular. Vá para os fóruns do Android ou do XDA-Developers, encontre seu dispositivo, então acompanhe os guias detalhados para root e outros recursos que estarão disponíveis para a maioria dos modelos. E para ver como rootear não é tão complicado assim, você pode ver alguns guias de exemplo no  post da Maximum Tech How To Root Your Android Phone Without Bricking It.

E agora, nossos motivos para fazer root, a ordem pode ser diferente para você, dependendo da sua necessidade:

10. Bloatware

Também conhecido como crapware ou alguns outros eufemismos à sua escolha, os bloatwares infestam a vasta maioria dos aparelhos Android. Você irá lembrar-se do Samsung Touchwiz, HTC Sense, e Motorola MotoBlur como as interfaces customizadas e pacotes de funções que essas fabricantes jogam por cima do Android padrão. Apesar de uma parte desses bloatwares serem até úteis, a maior parte deles não oferece nada que você não pudesse conseguir sozinho com outros apps, e  eles podem diminuir o desempenho ou até mesmo bloquear funções do seu aparelho. O pior de tudo é que na maioria dos casos, os apps bloatware são bloqueados para desinstalação, a menos é claro que você faça root no seu aparelho.

9. Overclock

Quando você faz root no seu Android, você ganha algum controle sobre os componentes do hardware, tornando possível fazer overclocking e undervolting (para consumir menos bateria). Não é incomum fazer overclock de uma CPU Android de 1GHz até 1.6GHz, claro que com uma tendência maior a causar instabilidade. Vários apps que requerem root estão disponíveis no Android Market para controlar tanto overclocking quanto undervolting como o SetCPU (U$1,99) e o Voltage Control (grátis ou U$3,36 para a versão Extreme).

8. Desempenho

Além de meramente fazer overclocking, usuários roteados ganham outras melhorias no desempenho através de modificações no kernel feitas por alguns dos apps que mencionamos aqui, ROMs customizadas, ou através de seus próprios meios, se você souber o que está fazendo. Tais modificações em combinação com o overclock são conhecidas por melhorar o desempenho geral de um Nexus S em 250%.

Além disso, como já falado anteriormente na Maximum Tech, “a maioria dos dispositivos Android incorpora um sistema de arquivos EXT3 para garantir interação segura de entrada e saída de arquivos. Uma vez rooteado, entretanto, muitos destes dispositivos pode ser atualizado para um sistema de arquivos EXT3, resultando em tempo de load mais rápido e um desempenho geral de software mais suave, apesar de sacrificar um pouco a estabilidade do armazenamento. Sim, uma memória menos estável pode levar a crashes de app e até mesmo perda de dados, mas isso é bem raro.”

7. Screenshots

Por qualquer que seja o motivo, o Google não colocou uma habilidade nativa para tirar screenshots até o Android 4 Ice Cream Sandwich (ICS). Alguns poucos dispositivos incluem isso como uma função extra, mas não há motivo para aguardar por um novo dispositivo com ICS ou por uma atualização se você quiser tirar screenshots hoje. Se você fizer root no seu Android, você pode tirar vantagem de apps de screenshots tais quais Screenshot ou PicMe à sua escolha.

6. Outros apps exclusivos para aparelhos roteados

Uma vez que você fizer root no seu Android com sucesso, você terá acesso à centenas, se não milhares de apps úteis que alguns bobões por aí não podem acessar. Eis aqui 10 motivos em um para fazer root no seu aparelho. Uma olhadinha rápida em uma seleção de apps exclusivo para aparelhos roteados inclui coisas como:

– DroidWall: Android Firewall (grátis) pode mostrar a você qualquer app que esteja usando seus dados wireless, então você pode restringir o uso de dados que está sugando a capacidade do seu plano, assim como verificar se tem algum uso de dados indesejado ou excessivo acontecendo.

– Dual Mount SD Widget: (U$0,99) permite que você monte seu cartão SD simultaneamente no aparelho e no PC.

– Hexamob Recovery Pro: (U$1,39) ajuda você a recuperar arquivos que você deletou por acidente de sua memória interna ou cartão SD.

– Keyboard Manager: (Grátis) permite que você escolha um teclado para modo retrato e outro para modo paisagem.

– LEDs Hack: (Grátis) permite que você desligue os LEDs de notificação.

– Root Call Blocker: (U$5,98) permite que você bloqueie números específicos no sistema, então o aparelha nunca toca quando eles ligam.

– Samba Filesharing: (Grátis) deixa os arquivos do seu Android disponíveis via Wi-Fi como uma pasta compartilhada do Windows.

– Sixaxis Controller: (U$1,62) permite que você use um controle de PS3 no seu Android.

– With Theft Aware: (£10), um super programa de segurança, você pode rastrear e apagar remotamente os arquivos de um aparelho perdido ou roubado, ligar para ele, e aparentemente espionar a pessoa do outro lado sem que eles saibam.

– Titanium Backup – (tem uma versão grátis e uma versão pro que custa U$6,58) fornece uma poderosa ferramenta de backup com funções abrangentes, incluindo permitir que você remova aquele bloatware maldito.

– Market Enabler: (gratuito) Especialmente interessante para brasileiros, permite que você acesse o Android Market de outro país, quando há apsp bloqueados por região.

5. Custom ROMs

O sentimento geral dentro da comunidade de mods é que uma operadora faz as UIs de Android para beneficiar o próprio negócio, não o usuário. Se você quer a melhor experiência de usuário, você tem que usar uma ROM customizada que foi realmente feita para usuários.

O termo ROM customizada não é o termo mais apropriado, mas basicamente é uma UI customizada para Android, e existem muitas para escolher. Algumas delas focam em te oferecer a última versão do Android antes que a sua fabricante lance uma atualização oficial, enquanto outras focam em funcionalidades adicionais ou velocidade e estabilidade.

Existem modificações de Android demais para falar aqui, mas é melhor você determinar suas prioridades e escolher a que é melhor pra você. Ou, você pode pegar o Boot Manager (U$2,99) no Android Market, que permite que você escolha entre cinco ROMs customizadas diferentes ao iniciar.

Algumas das ROMs customizadas mais populares incluem a CyanogenMod, que foca em maximizar o desempenho ao invés de focar em beleza, mas permite que você escolha temas. Baseada no Gingerbread, ela te oferece uma função de foco por toque na câmera, gestos customizados, gerenciamento de permissões e muito mais.

MIUI, uma ROM desenvolvida por chineses, também é baseada no Gingerbread e oferece um visual bem diferente. No momento que escrevemos este post, ela suportava apenas 16 dispositivos, mas é atualizada toda sexta-feira e supostamente irá adicionar suporte a mais dispositivos conforme sua ROM baseada em ICS ficar mais estável.

Para encontrar uma ROM para o seu dispositivo, você pode fuçar o que tem para o seu dispositivo nos fóruns do XDA-Developers, ou veja esta lista no Theunlockr.com.

4. Não espere (tanto) por uma atualização para o seu Android

Você não está acreditando que ainda não tem uma atualização para o Gingerbread para o seu aparelho com Froyo depois de mais de um ano? Quando a sua operadora decidir fazer a atualização (isso, se um dia o fizer), você pode já ter uma atualização estável para ICS esperando por você se você decidir fazer root no seu aparelho.

As ROMs customizadas do Android permitem que você tenha o último sistema operacional Android antes que ele seja sequer anunciado por aquela empresa que você está pagando uma conta mensal. No momento que este post foi escrito, havia até algumas ROMs do Android 4 ICS pelas interwebs, mas modo geral, a estabilidade ainda é um problema nelas. Não irá demorar muito até que essas ROMs ICS comecem a rodar sem problemas, e muito provavelmente isso irá acontecer antes que dispositivos ICS nativos e atualizações oficiais para o ICS comecem a aparecer.

3. Aumente a duração da bateria

Muitas das ROMs customizadas disponíveis tem o objetivo de aumentar a duração da bateria através de configurações internas de eficiência, gerenciamento de atividade da rede e dos apps, e através da eliminação do bloatware. També existe um app experimental que está em beta agora que é chamado de Superpower, disponível no Android Market em uma versão grátis ou paga (U$4,25). Existem muitos outros apps para economizar bateria por aó – muitos não precisam de acesso root – mas o SuperPower vai ao extremo, visando fornecer gerenciamento automático da sua conexão de dados, Wi-Fi, Bluetooth, velocidade de CPU e mais. Este gerenciamento é baseado em fatores como estado da tela, estado da conexão Wi-Fi, velocidade do Download, aplicativos em primeiro plano, estado do tethering, modo soneca, nível de bateria, etc. Entretanto, não há recompensa sem risco; o desenvolvedor quer que você saiba que o app ainda tem bugs na versão beta e que você deve usá-lo sabendo do risco.

2. Elimine o Carrier IQ

A essa altura você deve saber o que é o Carrier IQ, e você deve ter uma vaga ideia de quem está usando isso. Por exemplo, a operadora americana Sprint desde então jurou ter parado de usar. Mas tentar pegar uma resposta precisa de como as informações extraídas pelo Carrier IQ são usadas podem te levar a uma longa estrada de frustrações, chegando ao beco sem saída da paranoia. Seria mais fácil e menos preocupante se você pudesse simplesmente eliminá-lo do seu aparelho.

Graças a Trevor Eckhart, o cara que descobriu o Carrier IQ no seu aparelho Android, você pode fazer isso. Ele postou um .apk gratuito chamado de Logging Test Appnos fóruns do XDA-Developers que podem mostrar se você carrega um programa como o Carrier IQ no seu dispositivo. Se o teste der positivo, vá para o Android Market e apoie esse herói da vida moderna desembolsando só um dólar pelo Logging Test App Pro Key, que habilita que você remova o Carrier IQ ou qualquer outro software equivalente. É claro, nada disso é possível a menos que você faça root no seu smartphone Android primeiro.

1. Porque você pode

Finalmente, assim como construir seu próprio PC, tem um senso subjetivo de satisfação e independência que você ganha ao fazer root em um dispositivo Android. Além disso, existe uma pitada de algo ainda mais raro e também intangível ligado a isso: dever. De alguma maneira, é o seu dever se voltar contra as fabricantes e operadoras que prometem muito, mas não cumprem. É o seu dever e seu privilégio fazer root porque você pode. O Google deixou o Android open source, e centenas de pessoas bem intencionadas estão trabalhando em apps e ROMs para você desfrutar, dando a oportunidade de ter em mãos os smartphones mais poderosos disponíveis. Deixar passar a habilidade de fazer root é como perder essa oportunidade.

Você pode não ser um fã de carros, mas imagine que você estivesse em uma auto-estrada alemã em um Porsche Boxter novinho sem nada mas uma estrada livre e condições perfeitas à sua frente. Você iria querer manter apenas dois dígitos chatos no velocímetro? Não, você iria querer chegar a três dígitos… Porque você pode. Você pode não ser de beber muito, mas se estiver passando o feriadão em uma cidade distante, pode sair para beber e curtir… Porque você pode.

Você comprou um novo aparelho Android, o que significa que provavelmente 1) você não sabe nada sobre smartphones e só pegou o que estava barato com o contrato da operadora ou parecia legal, ou o mais provável 3) você foi de alguma maneira atraído pela flexibilidade e liberdade de customização do Android que você não encontra em outros sistemas operacionais. E aqui está você. Viva um pouco. Anule essa garantia! Faça root no seu Android por todos os motivos acima, e também só porque você pode. Não é tão difícil de fazer, é até divertido, e assim como esses clichés de filme, você irá descobrir o valor do que estava bem na sua frente o tempo todo.

Fonte Gizmodo

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s