As maiores esnobadas da lista de indicados ao Oscar 2012

O Oscar não é o Oscar sem as suas grandes esnobadas, deixando de foras nomes que pareciam certeza, ou filmes que mereciam a lembrança. Veja a lista das maiores esnobadas do Oscar 2012.

Michael Fassbender / Shame – Melhor Ator

O que aconteceu? Fassbender parecia ter os críticos a seu favor, e conseguiu destaque na temporada. Acabou de fora.

Drive – Melhor Filme

Um dos favoritos do público e da crítica, Drive foi parcialmente ignorado na temporada de premiações.

Tilda Swinton / Precisamos Falar Sobre o Kevin – Melhor Atriz

Uma grande atuação reconhecida em várias premiações, mas perdeu o lugar para Rooney Mara na última hora.

Harry Potter e as Relíquias da Morte – Parte 2 – Melhor Filme

Maior bilheteria de 2011; melhor recepção da crítica de 2011; fechamento com chave de ouro da maior franquia da história do cinema. Aparentemente, não foi suficiente para o reconhecimento de Harry Potter no Oscar.

50/50 – roteiro original

Um dos filmes mais geniais da temporada acabou totalmente ignorado, principalmente pelo seu ótimo e honesto roteiro.

As Aventuras de Tintim – Animação

Parece que a Academia ainda não suporta a performance por captura, ignorando Tintim a favor de Chico e Rita e Um Gato em Paris, animações que pouca gente viu. O Globo de Ouro e o Sindicato dos Produtores são o prêmio de consolação.

Trent Reznor e Atticus Ross / Os Homens que Não Amavam as Mulheres – Trilha Sonora

Como a dupla entrega trabalhos alternativos, como a trilha de A Rede Social, vencedora do Oscar em 2011, o Academia resolveu reconhecer o trabalho em Os Homens que Não Amavam as Mulheres, a trilha sonora mais aclamada dos candidatos ao Oscar.

Ryan Gosling / Drive e Tudo Pelo Poder (Melhor Ator)

2011 foi um grande ano para Ryan Gosling, que entregou duas grandes atuações em Drive e Tudo Pelo Poder, insuficientes para garanti-lo uma indicação.

Albert Brooks /Drive – (Melhor Ator Coadjuvante)

O ator era considerado a única ameaça a Christopher Plummer durante toda a temporada, mas acabou de fora da lista. O ator reagiu de forma engraçada em seu twitter: “Eu fui ROUBADO. Não, sério, levaram minhas calças e meus sapatos”. Classe.

Leonardo Dicaprio / J. Edgar (Melhor Ator)

Em um categoria com vários bons nomes, Dicaprio perdeu espaço durante o fim da temporada e ficou de fora por sua grande atuação.

Shailene Woodley / Os Descendentes (Melhor Atriz Coadjuvante)

A jovem atriz esteve presente em quase todas as premiações na temporada e é considerada pela crítica como uma das principais virtudes de Os Descendentes.

Andy Serkis / Planeta dos Macacos A Origem (Melhor Ator Coadjuvante)

Assim como em Tintim, a academia demonstra que não é fã da performance por captura, ainda quem Serkis tenha extrapolado o limite de tecnologia.

Alan Rickman / Harry Potter 7-2 (Melhor Ator Coadjuvante)

Quando Harry Potter e as Relíquias da Morte – Parte 2 foi lançado, Rickman era considerado certeza na categoria. O que aconteceu?

Michael Shannon / Abrigo (Melhor Ator)

Favorito dos críticos, Shannon brilhou em um filme pequeno demais, mas que merecia melhor reconhecimento.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s